Segurança

1ª Delegacia Regional da Receita fez 82 operações de fiscalização no primeiro semestre

Foram emitidos 452 autos de infração, que resultaram na cobrança de R$ 13,2 milhões em impostos e multas por irregularidades nas mercadorias transportadas em Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do Estado.

1ª Delegacia Regional da Receita fez 82 operações de fiscalização no primeiro semestre
1ª Delegacia Regional da Receita fez 82 operações de fiscalização no primeiro semestre
Foto: SEFA-PR
Publicado em 19/07/2023 às 11:00

A 1ª Delegacia Regional da Receita Estadual do Paraná, responsável por Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, fez 82 operações de fiscalização de mercadorias em trânsito durante o primeiro semestre de 2023. Nessas ocasiões, foram emitidos 452 autos de infração, que resultaram em cobrança de R$ 13,2 milhões em impostos e multas.

As chamadas operações volante e de carga e descarga são as estratégias usadas para coibir infrações e garantir o cumprimento das regulamentações nessas ocasiões.

“Essa forma de fiscalização é importante para coibir infrações e irregularidades como o transporte de mercadorias sem documentação fiscal regulamentar, falta de notas fiscais, entre outras situações que possam representar prejuízos ao erário”, diz Édson Squisati, delegado da 1ª DRR.

A regional de Curitiba emprega nas operações uma equipe especializada com 8 auditores fiscais, com apoio eventual da Polícia Militar, que efetuam abordagens em pontos estratégicos das rodovias ou baseados em informações de inteligência.

Durante a abordagem, são verificados documentos, averiguado o conteúdo da carga e, se necessário, feitas as autuações e aplicação de multas.

“As operações se apresentam como uma forma eficiente de aumentar a eficácia das ações fiscalizatórias, pois possibilita a verificação de um número maior de veículos em um curto espaço de tempo”, diz Édson. “Além disso, elas também contribuem para um comércio mais justo e transparente, beneficiando empresários e consumidores”.