86% de conclusão: duplicação da BR-277 em Guarapuava terá pistas liberadas em breve

Com tráfego de veículos de volta à BR-277, serviços da obra serão concluídos nas novas vias marginais e nos acessos das novas trincheiras.

86% de conclusão: duplicação da BR-277 em Guarapuava terá pistas liberadas em breve
Com 86% de conclusão, duplicação de Guarapuava deve ter pistas liberadas em breve - Foto: DER-PR
Publicado em 27/06/2023 às 10:40

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), está finalizando os serviços nas novas pistas centrais da duplicação da BR-277 em Guarapuava, na região Centro-Sul. Após a execução da sinalização e serviços complementares, o tráfego de veículos deve voltar à rodovia federal, permitindo a finalização das melhorias nas vias marginais e acessos das novas trincheiras, concluindo a obra agora no segundo semestre.

A duplicação integra o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria da SEIL com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), cabendo ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) a administração e fiscalização do andamento.

A obra contempla duas novas pistas na BR-277 em cada sentido, entre os km 345 e km 349, com faixas de segurança com barreiras de concreto New Jersey e acostamentos externos, além de uma via marginal direita e uma marginal esquerda.

No mesmo contrato foram executadas ainda uma nova trincheira na Avenida Professor Pedro Carli, uma trincheira entre a Rua João Fortkamp e a Rua Campo Grande; uma trincheira para acesso ao Aeroporto Municipal; a duplicação do viaduto no entroncamento com a PRC-466; adequação das alças de acesso; três pontes no km 345,5; duas passarelas; e a implantação de iluminação pública em uma extensão de 12,2 quilômetros.

A duplicação da BR-277 em Guarapuava é uma demanda histórica da região que está prestes a ser solucionada, beneficiando mais de 200 mil pessoas e dando fim ao antigo problema de congestionamento no perímetro urbano do município. O investimento feito pelo Governo do Paraná é de R$ 77,6 milhões.