Inovações

Agência de Inovação da UENP analisa propostas de parcerias com empresas da região Norte

O Comitê Gestor da Ageuni analisou 14 propostas apresentadas por empresas, startups, associações, cooperativas e organizações não-governamentais de vários municípios da região que buscam parcerias com a UENP para desenvolvimento de seus projetos. Elas foram submetidas no primeiro edital do programa.

Agência de Inovação da UENP analisa propostas de parcerias com empresas da região Norte
Agência de Inovação da UENP analisa propostas de parcerias com empresas do Norte
Foto: UENP
Publicado em 12/07/2023 às 11:30

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizou nesta semana a segunda reunião do Comitê Gestor da Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável e de Inovação (Ageuni). O grupo, formado por representantes de diversas entidades do Norte Pioneiro, analisou 14 propostas apresentadas por empresas, startups, associações, cooperativas e organizações não-governamentais de vários municípios da região que buscam parcerias com a UENP para desenvolvimento de seus projetos. Elas foram submetidas no primeiro edital do programa.

As iniciativas foram apresentadas pelas prefeituras de Jacarezinho, Santo Antônio da Platina e Assaí, visando a sustentabilidade ambiental e a expansão econômica e social dos municípios, além das entidades Agribela Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Biológicas e ClicNet, de Bandeirantes; Associação do Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro do Paraná (ASRI), de Jacarezinho; BBA Indústria Química Ltda, de Jacarezinho; Associação Comercial e Empresarial de Cornélio Procópio; Instituto Federal do Norte do Paraná (IFPR) – Campus Jacarezinho; Kono Odontologia e Forlogic Software, de Cornélio Procópio; Associação Cambaraense de Agricultores Familiar, de Cambará; Magno JET Indústria, de Ibaiti; e Associação Norte Velho dos Produtores Rurais de Jaboti, Japira, Pinhalão e Tomazina.

A diretora da Agência de Inovação Tecnológica (AITEC) da UENP, Mayra Gallo, disse que todas as propostas deliberadas estão alinhadas com pesquisa e desenvolvimento. “Foi bastante positiva a participação de empresas do Norte Pioneiro. Ficamos realmente muito satisfeitos. Unir o setor público e privado visando ao desenvolvimento desses projetos é nosso objetivo principal”, explicou.

“Das 14 propostas que nós avaliamos, apenas três foram desclassificadas: duas não atendiam ao objetivo do edital, que, nesse momento, era o apoio a propostas que fossem apenas de pesquisa e desenvolvimento, e uma não encaminhou um dos documentos necessários para a classificação, que era justamente a proposta simplificada do edital”, complementou. “Essas propostas são bem representativas para a nossa região. No Norte Pioneiro houve bastante interesse por parte das empresas e outras entidades públicas nesse programa”.

O reitor da UENP, Fábio Antonio Néia Martini, comentou a importância das parcerias entre o setor público e o privado. “É bastante animador ver tantas instituições interessadas em firmar parceria com a universidade. Sabemos que esse é um caminho que favorece o fortalecimento da nossa região. A colaboração entre a UENP, prefeituras e empresas é um acelerador do desenvolvimento e, por meio de projetos e pesquisas, pode vir a impulsionar o Norte Pioneiro de forma geral”, destacou.


AGEUNI – O programa Ageuni foi criado para execução dos mecanismos de integração entre universidade, empresa, governo e sociedade. Ela atua em quatro eixos: Parceria Universidade – Empresa; Inovação e Apoio para Microempreendedor Individual, Micro e Pequenas Empresas, Cooperativas, Associações e Empreendimento Solidários; Universidade Empreendedora; e Universidade e Desenvolvimento Regional Sustentável. O Comitê Gestor da AGEUNI se reúne bimestralmente.