Obras adiadas

Bloqueios para obra na ponte de Porto de Cima, em Morretes, são adiados devido às chuvas

Interdição parcial da ponte sobre o Rio Nhundiaquara deve começar na próxima segunda-feira, com intervalos regulares para permitir a travessia de turistas e comunidade. O investimento na reforma é de R$ 1.844.444,43.

Bloqueios para obra na ponte de Porto de Cima, em Morretes, são adiados devido às chuvas
Bloqueios em ponte de Porto de Cima, distrito de Morretes, são adiados devido às chuvas
Foto: DER-PR
Publicado em 17/07/2023 às 17:30

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), informa que foi adiado para a segunda-feira que vem, dia 24 de julho, o início dos bloqueios parciais da ponte metálica sobre o Rio Nhundiaquara em Porto de Cima, distrito de Morretes, no Litoral, para finalização obras de reforma e manutenção.

A medida foi necessária devido à previsão de chuvas ao longo da semana na região, que impossibilitam o serviço de solda do novo tabuleiro de gradil metálico da obra de arte especial. O planejamento do DER/PR é demolir um terço do tabuleiro de concreto atual por semana, já realizando a substituição pelo gradil e permitindo a reabertura do tráfego de veículos em intervalos planejados, inclusive nos finais de semana.

A programação atende a solicitações de lideranças, comunidade e comerciantes e tem o objetivo de garantir o acesso de visitantes ao distrito nos dias e horários de maior movimento, uma vez que o turismo é a principal fonte de renda da localidade. A operação pare-e-siga, típica em obras desse tipo, não será possível neste caso, já que a ponte é de pista única.

A ponte sobre o Rio Nhundiaquara, que fica na rodovia PR-411, já recebeu serviços de tratamento e reforço das estruturas metálicas e de concreto nas laterais e abaixo dela, mas para a etapa final será necessário o bloqueio parcial do tráfego de veículos. O investimento na reforma é de R$ 1.844.444,43.


DESVIO – Durante os horários de interdição, usuários podem acessar Porto de Cima ou a PR-410 por meio de Morretes, pela PR-408. Pedestres e ciclistas poderão fazer a travessia mesmo durante os serviços na ponte, por meio de uma passarela temporária ao lado da estrutura.

CRONOGRAMA – Os serviços na obra serão executados principalmente durante o período noturno, sem bloqueios de tráfego nas sextas-feiras e sábados, e no domingo somente após as 22h. Uma iluminação específica para as atividades será empregada durante os trabalhos.