Câmera de segurança flagra policial penal armado e amigo agredindo mulher após ela rejeitá-los, em GO

Câmera de segurança flagra policial penal armado e amigo agredindo mulher após ela rejeitá-los, em GO
Publicado em 13/06/2024 às 18:45

Um policial penal armado e um amigo, que é gerente de um pub, são investigados por agredir uma mulher na porta de uma distribuidora de bebidas em Goiás. O caso ocorreu na madrugada de terça-feira (11), quando a mulher foi até a distribuidora para comprar algumas bebidas. Um vídeo mostra os dois agredindo-a.

À Polícia Militar, a mulher contou que as agressões ocorreram após ela rejeitar os dois homens. Posteriormente, o policial se apresentou à delegacia e acabou preso. Ele deve passar por audiência de custódia ainda esta semana.
 

“[Os suspeitos] queriam que a solicitante [mulher] ficasse com eles e, ao negar, os indivíduos a agrediram com vários socos. Também estavam armados com arma de fogo e deram disparos para cima”, narrou o boletim de ocorrência sobre o que foi denunciado pela mulher.

A defesa do agente Eiryan Valcley de Jesus Valadão , representada pelo advogado Jamerson Justo, disse que não dará declarações detalhadas até que tenha acesso aos autos do processo. Além disso, disse que, assim que a defesa tomou conhecimento dos fatos, “o policial penal prontamente se apresentou, entregando-se para prestar todos os esclarecimentos necessários”

Já a defesa de Marcos Vinícius Souza Mesquista disse que ele pediu desculpas e está a disposição da Justiça para esclarecer os fatos. Além disso, a advogada Tatiany Alzira, que representa Marcos, afirmou que ele está “bastante abalado em crises depressivas, sob efeitos de calmantes, uma vez que nunca cometeu qualquer ato ilícito”

Em nota, a Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP) informou que o policial Eiryan estava de folga na ocasião das agressões e que abriu um procedimento administrativo para apurar o caso.
 

Fonte: G1