meio ambiente

Campanha Tampinha Paraná é lançada na Câmara Municipal de Curitiba

A ação visa incentivar a arrecadação de tampinhas plásticas que serão doadas às instituições carentes de todo o estado.

Campanha Tampinha Paraná é lançada na Câmara Municipal de Curitiba
O programa Tampinha Paraná foi lançado nesta quarta-feira (21), durante o 1º Encontro dos Parlamentares da Região Metropolitana de Curitiba, na Câmara Municipal de Curitiba. - Foto:Orlando Kissner/Alep
Publicado em 22/06/2023 às 8:50

A campanha Tampinha Paraná foi lançada nesta quarta-feira (21), durante o 1º Encontro dos Parlamentares da Região Metropolitana de Curitiba, na Câmara Municipal de Curitiba. Coordenado pelo Conselho de Ações Solidárias e Voluntariado da Assembleia Legislativa, o projeto une solidariedade e sustentabilidade ao arrecadar tampas de plástico que serão doadas para instituições sociais de todo o estado. O material coletado vira recurso financeiro às entidades, após serem comercializados com empresas especializadas em reciclagem.

“Esse programa nasceu de uma forma muito simples, humilde, com o objetivo de atender aqui em Curitiba um asilo e ganhou uma projeção e uma adesão tão grande, que hoje está em todo o estado do Paraná, porque é um gesto que vai além do social, é de sustentabilidade também”, disse o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSD). “Nós também estamos resolvendo um problema ambiental e contribuindo com o social”, pontuou o presidente, ao convidar todos os legislativos municipais a aderirem à campanha e incentivar o recolhimento das tampinhas nas suas câmaras municipais, nas suas cidades.

O presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, vereador Marcelo Fachinello (PSC), disse que escolheu o evento com legisladores municipais para lançar a campanha Tampinha Paraná, porque ali estavam muitos vereadores, presidentes de câmaras, representantes de várias cidades e a ideia é que eles conhecessem o projeto e pudessem levar a iniciativa para suas cidades. “É uma iniciativa fantástica que transforma tampinhas plásticas por fraldas geriátricas, por fraldas pra crianças, por materiais de higiene, por materiais de limpeza que serão destinadas para instituições carentes”, disse Fachinello, ao enfatizar que é uma campanha que tem seu cunho social de ajudar o próximo, mas também de sustentabilidade.

Ação de solidariedade

“Um dia muito feliz para todos nós que acreditamos nessa ação de solidariedade, de sustentabilidade, de um olhar carinhoso com os nossos idosos que vivem em situação de vulnerabilidade social. Então somar forças com o legislativo municipal de Curitiba e servir de exemplo para outros legislativos é motivo de muita alegria”, comentou a presidente do Conselho de Ações Solidárias e Voluntariado da Assembleia Legislativa, Rose Traiano. Ela também destacou que há outros legislativos interessados em levar a iniciativa para suas cidades e contribuir com uma campanha que alia sustentabilidade com ação social.

“Estou muito feliz e muito honrada em ser a madrinha desse projeto aqui na Câmara de Curitiba e espero poder contar com todos os servidores, os vereadores, os familiares e os amigos nessa arrecadação que irá ajudar entidades carentes”, disse a primeira-dama da Câmara Municipal, Milena Fachinello, ao destacar que podem ser arrecadas tampinhas de latas de leite, de material de higiene, de potes plásticos, ou seja, qualquer tampinha plástica.

Chamamento público

A presidente do Conselho informou que a Assembleia fará um chamamento público para que entidades e asilos de Curitiba e Região Metropolitana interessadas em participar possam se cadastrar. “É uma grata surpresa ver como as pessoas estão ajudando. Nossa missão também é dar visibilidade para estes serviços sociais. Vamos fazer um trabalho bem amplo. É bem mais do que a arrecadação das tampinhas”, finalizou. Para participar a entidade deve enviar um e-mail para o Conselho de Ações Solidárias e Voluntariado da Assembleia ([email protected]).

O que pode ser descartado

Além de tampinhas de garrafa pet, outros tipos de tampas plásticas, como as usadas na cozinha (margarina, manteiga, requeijão, achocolatado, maionese, ketchup, temperos, leite, leite em pó); na área de serviço (amaciante, sabão líquido, água sanitária, álcool, desinfetante, limpa odores em geral, lustra móveis, detergente); em produtos de higiene (shampoo, condicionador, cremes de tratamento, hidratante, creme dental, acetona, sabonete líquido) e outros, como de pacote de lenço umedecido, talco, pomadas, remédios, caneta e canetinhas.