Comitiva

Comitiva paranaense troca experiências com produtores de etanol de milho do Iowa

O estado do Iowa, onde acontece a missão paranaense nos EUA, é referência no agronegócio como maior produtor de milho do país norte-americano. O estado também possui o maior rebanho suíno e é destaque na produção de soja, biodiesel e etanol

Comitiva paranaense troca experiências com produtores de etanol de milho do Iowa
Foto: SECOM
Publicado em 25/07/2023 às 10:45

Com objetivo de trocar experiências de sucesso no agronegócio, a comitiva internacional liderada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior esteve nesta segunda-feira (24) na sede da Summit Agricultural Group, em Des Moines, na capital do Iowa, no Estados Unidos. Durante a visita, a comitiva conheceu os modelos de organização que o grupo tem com produtores locais e a experiência da empresa com etanol de milho.

O estado do Iowa, onde acontece a missão paranaense nos EUA, é referência no agronegócio como maior produtor de milho do país norte-americano. O estado também possui o maior rebanho suíno e é destaque na produção de soja, biodiesel e etanol

Ratinho Junior afirmou que o estado foi escolhido pela comitiva pelas características econômicas e pelas semelhanças com o Paraná. “É um estado muito parecido com o Paraná. É o maior produtor de alimentos dos Estados Unidos, faz parte do Cinturão do Milho americano e tem vocação na agricultura. Tem uma produção agrícola fantástica em termos de tecnologia, de inovação e também de produção, algo que também temos e podemos melhorar ainda mais”, afirmou o governador. 

Durante a visita, a Summit Agricultural Group apresentou suas pesquisas na produção de etanol de milho, inclusive com plantas no Mato Grosso. No Brasil, o etanol de milho ainda representa uma parcela pequena na produção de todo o etanol nacional, mas a tendência é de aumento nos volumes processados. Em 2022, o Paraná produziu 22 mil metros cúbicos de etanol de milho. O volume, que vem em crescimento ao longo dos últimos anos, representa cerca de 2% de todo o etanol produzido no Estado.

“Foi um dia de muito aprendizado e, acima de tudo, uma troca de experiência. Deu pra ver que nós do Paraná e do Brasil como um todo estão bem próximos de tudo aquilo que o primeiro mundo vem fazendo na agricultura, e com um detalhe: com responsabilidade ambiental muito grande”, complementou o governador.

A comitiva paranaense, que também é composta por empresários e cooperativas, ainda foi apresentada às técnicas de processamento do DDG, um subproduto usado para nutrição animal produzido a partir do processo de destilação do milho.

“É um produto que nós já estamos usando na pecuária e avicultura brasileira para baratear os custos de nutrição animal. Depois dessa primeira visita vamos mandar técnicos para os EUA para conhecer as pesquisas e ver como melhor utilizar estes produtos”, afirmou o presidente da Lar Cooperativa, Irineo da Costa Rodrigues, que está na comitiva.

O Paraná é o segundo maior produtor de milho do Brasil. A estimativa do Departamento de Economia Rural (Deral) é que, somadas a 1ª e 2ª safra de verão, sejam produzidas 17 milhões de toneladas do grão na safra 2022/2023. O Estado também lidera a produção animal, sendo primeiro na avicultura e segundo na suinocultura.


AGENDA NOS EUA – A missão paranaense nos Estados Unidos começou no domingo (23) e segue até quinta-feira (27). No primeiro dia nos EUA, Ratinho Junior visitou o professor Dave Krog, responsável pela cadeira de Empreendedorismo em Agrobusiness do Centro de Desenvolvimento Rural e Agrícola da Iowa State University. Ele é uma das maiores autoridades locais em relação à produção agrícola.

Nesta segunda-feira (24), a comitiva também visitou o memorial do World Food Prize Foundation, um local criado em homenagem às personalidades que mudaram a história da agricultura mundial, e a Iowa State University, onde acompanhou uma palestra com Kevin Kimle, do Departamento de Economia da instituição, e com Tom Dorr, que foi subsecretário de Agricultura no governo George W. Bush.

Nos próximos dias, a comitiva também vai se reunir com a governadora do Iowa, Kim Reynolds, e com Bill Northey, CEO da Associação de Agronegócios de Iowa.