após acontecimento trágico

Deputada Flávia Francischini (União) propõe audiência pública após mais um caso de feminicídio na Grande Curitiba

Para debater o enfrentamento e o combate do feminicídio, a deputada Flávia Francischini propôs uma Audiência Pública que acontecerá no próximo dia 10 de julho, no plenarinho da Casa.

Deputada Flávia Francischini (União) propõe audiência pública após mais um caso de feminicídio na Grande Curitiba
Foto: Divulgação
Publicado em 21/06/2023 às 15:55

A deputada estadual Flávia Francischini (União) foi à tribuna da Assembleia Legislativa propor uma Audiência Pública para debater o enfrentamento e o combate do feminicídio no Paraná. A proposta ganhou força após ela denunciar mais um crime contra mulher que aconteceu em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

Um soldado-aluno da Polícia Militar do Paraná matou a tiros uma mulher de 24 anos, com quem teria tido um relacionamento. O advogado que a acompanhava também morreu.  Em seguida, o assassino cometeu suicídio.

O caso aconteceu dentro de uma clínica no centro da cidade, na qual ela estaria realizando um exame de DNA de um bebê de 40 dias. Vanessa estava com o bebê no colo que caiu no chão com os disparos.

“Lamentável o assassinato de mais uma mulher, vítima da covardia de um companheiro. Por mais um caso aterrorizante e chocante como esse”, disse Flávia.

A parlamentar expressou pesar às famílias e amigos das vítimas. Ela também solicitou ao Secretário de Segurança Pública, Hudson Teixeira, que intervenha em ações para a saúde mental dos alunos e oficiais da Polícia Militar.

Para debater o enfrentamento e o combate do feminicídio, a deputada Flávia Francischini propôs uma Audiência Pública que acontecerá no próximo dia 10 de julho, no plenarinho da Casa.