Zero Fake News

Deputado Ney Leprevost (União) faz projeto de valorização dos influenciadores digitais e combate a fake news

A proposta servirá para conectar os chamados “digital influencers” com o Poder Público, de modo que os profissionais possam ser parceiros nas iniciativas que estão acontecendo no Estado, além de terem a oportunidade de aumentar a visualização em suas redes sociais.

Deputado Ney Leprevost (União) faz projeto de valorização dos influenciadores digitais e combate a fake news
Créditos :Divulgação
Publicado em 04/07/2023 às 11:50

O deputado Ney Leprevost (União) protocolou na Assembleia Legislativa projeto criando a Semana Estadual de Valorização do Influenciador Digital, com o objetivo de incentivar as atividades desempenhadas pelos influenciadores, prestar reconhecimento aos que utilizam os canais digitais para ações de cidadania e utilidade pública, divulgar a economia criativa digital, apoiar as ações de solidariedade através das redes sociais; além de promover educação e conscientização contra a disseminação de fake news.

“Os influenciadores digitais têm grande alcance na difusão de informações; sendo ótimos aliados quando assuntos importantes como saúde pública, ações beneficentes, projetos sociais e atividades culturais precisam ser amplamente difundidos na sociedade”, disse Leprevost.

De acordo com o texto, o Poder Público poderá firmar parceria com influenciadores digitais com a finalidade de ampliar o alcance da difusão de informações relevantes sobre saúde, educação, segurança e demais temas de utilidade pública.

A proposta servirá para conectar os chamados “digital influencers” com o Poder Público, de modo que os profissionais possam ser parceiros nas iniciativas que estão acontecendo no Estado, além de terem a oportunidade de aumentar a visualização em suas redes sociais.

A Semana Estadual do Influenciador Digital também servirá para conscientizar a população paranaense sobre o bom uso das redes sociais e internet, bem como a educação contra a disseminação de fake news.

“As fake news são uma praga mundial. Muita gente compartilha sem perceber o mal que está fazendo para o próximo. Precisamos dar informações para as pessoas saberem diferenciar o que é fato jornalístico do que é boato infundado de rede social ou até disseminação de conteúdo de violência para obtenção de ganhos financeiros ou políticos”, afirmou Ney Leprevost.