melhoria no transporte

Duplicação da Rodovia das Cataratas chega a 11,81% de conclusão

Serviços estão em andamento em todos os aspectos da obra, com construção de viaduto e ponte e implantação de novas vias marginais, dispositivos de drenagem e passa faunas. A obra atingiu a marca de 11,81% de conclusão, com um investimento acumulado de R$ 15.317.959,55 até o momento.

Duplicação da Rodovia das Cataratas chega a 11,81% de conclusão
Duplicação da Rodovia das Cataratas chega a 11,81% de conclusão - Foto: DER
Publicado em 23/06/2023 às 14:10

A Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL) registrou no mês de junho um bom avanço em todas as frentes de trabalho na duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469), em Foz do Iguaçu, na região Oeste. A obra atingiu a marca de 11,81% de conclusão, com um investimento acumulado de R$ 15.317.959,55 até o momento.

A duplicação é resultado de parceria com o governo federal, responsável pela elaboração dos projetos de engenharia, a Itaipu Binacional, responsável pelos recursos para executar a iniciativa, e o Governo do Paraná, por meio da SEIL, sendo o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) responsável pela administração e fiscalização do andamento da nova rodovia. O investimento total será de R$ 129,6 milhões.

No início do mês foram lançadas as vigas longarinas da nova ponte sobre o Rio Tamanduá, no km 2+860 da rodovia, serviço seguido pela execução das vigas transversinas de travamento entre as vigas, e colocação das pré-lajes, parte de laje superior da ponte, onde ainda será montada a armadura complementar, que depois é concretada. Na outra obra de arte especial em andamento, o viaduto no km 2+260, continuam sendo executadas as estacas raiz, que chegam a 15 metros de profundidade, atravessando solo e rocha. No pátio de vigas do canteiro de obras estão sendo concretadas as vigas pré-fabricadas, faltando apenas 15 para atingir o total previsto de 67 vigas longarinas.

Os serviços de terraplanagem e de execução de base e sub-base de pistas de rolamento estão concentrados nas novas marginais da rodovia, que futuramente irão receber o tráfego de veículos enquanto é trabalhada a pista central duplicada. Simultaneamente à terraplenagem, avançam a implantação de dispositivos de drenagem, que nesta etapa são os bueiros de concreto, e também a execução dos muros de contenção e gabiões.

No passa fauna do km 2+940 foi finalizada a estrutura das galerias de concreto em ambos os lados da rodovia, sendo a próxima etapa a execução da galeria sob as pistas da rodovia. E no passa fauna do km 5+854 foram finalizadas as demarcações e levantamentos da área, com início das escavações previsto até o final do mês.

Além dos serviços da obra de duplicação, o DER/PR permanece realizando serviços de conservação do pavimento e da faixa de domínio da BR-469, garantindo segurança e conforto aos usuários ao longo do trecho.

A obra terá, ao todo, quatro viadutos, uma nova ponte, iluminação rodoviária, ciclovia e passeios para pedestres. A previsão de conclusão é no ano que vem.