educação

Educação promove consulta pública sobre currículo da EJA do 6º ao 9º do ensino fundamental

Podem participar professores, estudantes, pais de alunos, tanto das redes públicas quanto privadas, e comunidade em geral. Objetivo é entender a percepção da sociedade acerca da proposta de currículo e validá-la para que entre em vigor no segundo semestre de 2023.

Educação promove consulta pública sobre currículo da EJA do 6º ao 9º do ensino fundamental
Educação promove consulta pública sobre currículo EJA do ensino fundamental II Foto: SEED-PR
Publicado em 10/05/2023 às 16:05

Começa nesta terça-feira (02) a consulta pública sobre o currículo da EJA (Educação de Jovens e Adultos) para o ensino fundamental II, que abrange do 6º ao 9º ano. Podem participar da pesquisa professores, estudantes, pais de alunos, tanto das redes públicas quanto privadas, assim como a comunidade em geral. A consulta estará disponível até 31 de maio por meio de formulário do Google.

O objetivo é entender a percepção da sociedade acerca da proposta de currículo e, posteriormente, considerando os apontamentos feitos, validá-la para que entre em vigor no segundo semestre de 2023.

“Essa consulta vai contemplar os oito componentes curriculares dessa etapa de ensino”, explica Anderfábio Oliveira dos Santos, diretor de Educação da secretaria estadual da Educação. “É importante ressaltar que essa versão preliminar do currículo, disponível para consulta, foi construída por professores da rede estadual sob a supervisão dos técnicos que atuam na Secretaria da Educação e que também trabalham com essa modalidade”.

Santos reforça, ainda, que a participação de educadores e de toda a comunidade escolar é imprescindível para o bom aproveitamento da consulta. “Nossa intenção é que o documento possa traduzir os contextos e trazer as especificidades dessa modalidade que é tão importante na educação básica do nosso Estado”, diz.

O currículo da EJA para o ensino médio deverá passar por consulta pública no segundo semestre e entrar em vigor no ano letivo de 2024.

Tópicos