apoio do estado

Governador entrega chaves da casa própria a 174 famílias de Irati

Entre as 174 famílias que passam a morar no Residencial Professor Lico, 139 receberam um subsídio do Estado de R$ 15 mil para pagar o valor de entrada do financiamento. O Governo do Estado investiu R$ 2,08 milhões para apoiar essas famílias, por meio do programa Casa Fácil Paraná, da Cohapar.

Governador entrega chaves da casa própria a 174 famílias de Irati
O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quinta-feira (22) em Irati, no Centro-Sul do Estado, o residencial Professor Lico. Entre as 174 famílias que passam a morar no condomínio, 139 receberam um subsídio do Estado de R$ 15 mil para pagar o valor de entrada da casa própria. Foto: Ari Dias/AEN
Publicado em 23/06/2023 às 9:25

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quinta-feira (22) em Irati, no Centro-Sul do Estado, o residencial Professor Lico. Entre as 174 famílias que passam a morar no condomínio, 139 receberam um subsídio do Estado de R$ 15 mil para pagar o valor de entrada da casa própria. O Governo do Estado investiu R$ 2,08 milhões para apoiar essas famílias, por meio do programa Casa Fácil Paraná, da Cohapar.

O empreendimento recebeu investimentos totais de R$ 24,3 milhões e é uma parceria entre os governos estadual e federal, Caixa Econômica Federal, município e iniciativa privada. Além do subsídio de entrada, o Estado destinou ainda R$ 1,1 milhão para a instalação das redes de energia elétrica, água e esgoto, obras feitas pela Copel e Sanepar, respectivamente. A prefeitura foi responsável pela pavimentação do acesso pela Rua Costa Rica.

Ratinho Junior destacou que o Casa Fácil é o maior programa habitacional do País. Somente na primeira fase da modalidade Valor de Entrada, o Governo do Estado aportou R$ 470 milhões para subsidiar a construção de 32 mil moradias. O valor de entrada é destinado a famílias com renda de até três salários mínimos cadastradas no sistema da Cohapar, mediante análise técnica da empresa e aprovação de crédito da Caixa.

“A entrega da casa própria é o que mais me emociona como governante, porque eu sei a importância de um lar para as famílias. A vida das pessoas vai para frente quando tem uma casa para chamar de sua”, disse Ratinho Junior. “Por isso criamos o Casa Fácil, para facilitar a realização desse sonho. Detectamos a necessidade de muitas famílias, que muitas vezes não tinham condição de guardar um dinheiro para pagar a entrada do financiamento, o que limitava o acesso à casa própria. Então resolvemos essa parte”.

No início do mês, o governador anunciou a segunda fase do programa, que tem a previsão de construir 40 mil casas em todo o Paraná, com investimento de R$ 800 milhões do Governo do Estado. O subsídio nesta nova etapa também vai aumentar, passando para R$ 20 mil por família. Também será ampliada a renda máxima dos beneficiários, que passará para até quatro salários mínimos.

“Com as despesas do dia a dia, o aluguel, ficava difícil para as pessoas guardarem dinheiro para a entrada, sendo que elas conseguiriam pagar as parcelas do financiamento. Agora, além das milhares de casas que estamos entregando, vamos construir mais 42 mil moradias. É o maior programa de casa própria do Brasil”, destacou o governador.

Além do subsídio à maior parte dos compradores de Irati, eles também receberam descontos em seus financiamentos, variáveis e proporcionais à renda familiar, através do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. 

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, afirmou que a obra representa um avanço para o município. “São mais 174 famílias que pagavam aluguel, não tinham condição de construir, e agora terão um lar para chamar de seu”, ressaltou. “E essa ajuda do Governo para a entrada da casa facilita muito para os assalariados que precisam tanto dessas casas, que pagam aluguel por uma eternidade e não tinham oportunidade de ter uma casa própria”. 

Os novos proprietários vão poder utilizar, ainda, o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para abatimento das prestações. Com isso, o financiamento, que pode ser dividido em até 360 meses, tem parcelas que variam de R$ 430,00 a R$ 750,00. 

“O Paraná vive um grande momento na habitação, fazendo um programa que atende todas as faixas da população. O programa Casa Fácil atende pessoas de baixa renda, as que adquirem as casas com o valor de entrada, tem o condomínio do idoso e a regularização fundiária”, afirmou o presidente da Cohapar, Jorge Lange. “Receber a casa própria não é apenas a conquista de um bem físico, mas de um sonho”.

Com área de 48 metros quadrados, os imóveis contam com sala e cozinha conjugadas, dois quartos, banheiro, espaço para lavanderia e churrasqueira. As casas foram construídas no bairro Engenheiro Gutierrez, em um terreno adquirido pela construtora Piacentini, responsável pela construção do empreendimento.

O vigilante Valtemir Mendes Júnior, de 55 anos, e a operadora de máquinas Francelise Estefami, de 34, estão realizando o sonho da casa própria e vão morar no local com as filhas Maria Vitória Mendes, de 12 anos, e Maria Alice, de 4. “Há 10 anos a gente vem batalhando pra conseguir a casa própria e agora está sendo realizado esse grande sonho”, disse.

A família morou por um tempo com o pai de Mendes e há oito anos vivia de aluguel. “Aluguel é um dinheiro que vai e nunca mais retorna, ficamos anos nessa batalha”, afirmou Mendes. “A gente ia tentar dar um jeito de pagar a entrada, mas seria mais difícil. Com a ajuda do governo, conseguimos esse patrimônio. É o sonho de todo brasileiro ter a casa própria e deixar no futuro para os seus filhos”.

casa
Com área de 48 metros quadrados, os imóveis contam com sala e cozinha conjugadas, dois quartos, banheiro, espaço para lavanderia e churrasqueira. Foto: Ari Dias/AEN


PRESENÇAS – Participaram da solenidade os secretários estaduais da Saúde, Beto Preto; da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel; da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte; da Justiça e Cidadania, Santin Roveda; os deputados estaduais Hussein Bakri, Artagão Júnior e Alexandre Curi; e a prefeita de Fernandes Pinheiro, Cleonice Aparecida Schuck.