Infraestrutura

Ligação rodoviária entre Cerro Azul e Doutor Ulysses recebe novas melhorias

Trecho não pavimentado da PR-092 está contemplado em contrato de R$ 17,8 milhões, com serviços garantidos até 2025. Melhorias garantem mais segurança aos usuários e trafegabilidade.

Ligação rodoviária entre Cerro Azul e Doutor Ulysses recebe novas melhorias
Ligação rodoviária entre Cerro Azul e Doutor Ulysses recebe melhorias
Foto: DER
Publicado em 17/07/2023 às 10:30

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), iniciou os serviços de conservação do trecho não pavimentado da PR-092 entre Cerro Azul e Doutor Ulysses, no Vale do Ribeira. O trabalho está incluído por contrato específico de conservação de estradas rurais da região, um investimento de R$ 17,9 milhões, que contempla, também, a PR-092 entre Doutor Ulysses e o viaduto sobre a ferrovia, sentido Jaguariaíva; e a PR-340, entre Tunas do Paraná e Cerro Azul. São 82,58 quilômetros ao todo. 

As melhorias na PR-092 e PR-340 beneficiam diretamente mais de 32 mil habitantes dos três municípios, facilitando o acesso a serviços públicos nos centros urbanos, além de facilitar o escoamento da produção agrícola local.

Os serviços iniciaram a partir de Cerro Azul, rumo a Doutor Ulysses. O trecho começou recebendo serviços de patrolamento, prejudicados pelas chuvas recentes, e agora ocorre a remoção da camada mais superficial da pista, encharcada pela chuva, seguida da aplicação de uma camada fina de saibro ou jazida comercial da região.

Isso aumenta o atrito entre o pneu e o solo, já melhorando a trafegabilidade e a segurança para o usuário. O cascalhamento da rodovia será realizado mais adiante, com uma camada mais volumosa de saibro comercial, conforme as condições climáticas se tornem mais favoráveis.

O contrato prevê a regularização de leito das rodovias por patrola; escarificação, conformação e compactação do subleito das vias; cascalhamento; preenchimento de local rebaixado com rachão; escavação de valas e execução de bueiros tubulares de concreto; escavação de saídas de água, de valas laterais e de caixas de retenção; limpeza e desobstrução de bueiros existentes.

A vigência do contrato é de dois anos, encerrando em 18 de junho de 2025, com os serviços executados de forma rotineira ao longo desse período.