Agronegócio

Maior prêmio do segmento, Café Qualidade Paraná 2023 está com as inscrições abertas

Esse é o evento mais importante do segmento no Estado. Ele revela novos talentos da cultura que está ligada à história do Paraná. Os vencedores serão divulgados na solenidade de encerramento do certame, prevista para o dia 30 de novembro, em Mandaguari, na região Noroeste.

Maior prêmio do segmento, Café Qualidade Paraná 2023 está com as inscrições abertas
Abertas as inscrições para o prêmio Café Qualidade Paraná 2023
Foto: IDR-PARANÁ
Publicado em 19/07/2023 às 10:30

Cafeicultores interessados em disputar o prêmio Café Qualidade Paraná 2023 já podem fazer a inscrição, gratuita, até o dia 2 de outubro, em qualquer unidade municipal do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater). Podem participar proprietários, meeiros, arrendatários e parceiros. Esse é o evento mais importante do segmento no Estado. Ele revela novos talentos da cultura que está ligada à história do Paraná.

É possível concorrer com cafés que passaram por processamento natural – ou via seca, em que os grãos são secados inteiros, ou cereja descascado – e pela chamada via úmida, método em que a polpa do fruto é retirada antes da secagem.

Em ambas as categorias o produtor deve atentar para o tamanho do lote, que pode ter de uma a cinco sacas (60 quilos) beneficiadas. Os grãos devem ter peneira 16 ou superior, menos de 11,5% de umidade e apresentar no máximo 12 defeitos.

Os lotes inscritos passam inicialmente por uma avaliação física para detectar alterações no produto – como grãos quebrados ou avariados por insetos – com base na Classificação Oficial Brasileira (COB). Na segunda avaliação, a prova de xícara, realizada com a metodologia da Associação de Cafés Especiais (SCA, na sigla em inglês), são analisados aroma, doçura, acidez, corpo, sabor, gosto remanescente e balanço da bebida.

Em cada categoria, os finalistas classificados até o terceiro lugar têm garantida a compra de seu lote pela cotação da Bolsa de Valores (B3) no dia anterior à data do encerramento do concurso, acrescido de um ágio mínimo de 50%.

Os vencedores serão divulgados na solenidade de encerramento do certame, prevista para o dia 30 de novembro, em Mandaguari, na região Noroeste.

A íntegra do regulamento pode ser conferida em www.cafequalidadeparana.com.br.

O concurso Café Qualidade Paraná é patrocinado pela Amiste Cafés, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Bratac, Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa), Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (Ceal), Crea-PR, Federação de Agricultura do Paraná (Faep), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), Grupo Dois Irmãos, Integrada Cooperativa Agroindustrial, e Ocepar (Organização das Cooperativas do Paraná), Prefeitura de Mandaguari, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) e Sociedade Rural do Paraná (SRP).

O certame é uma realização da Câmara Setorial do Café do Estado do Paraná, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) e Associação dos Engenheiros-Agrônomos de Londrina.

O Café do Norte Pioneiro foi o primeiro produto a obter o registro de Indicação Geográfica (IG) junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). – Foto: Emater de Carlópolis

Serviço:

21° Concurso Café Qualidade Paraná

Inscrições: até 2 de outubro, nos escritórios municipais do IDR-Paraná

Mais informações: www.cafequalidadeparana.com.br