esporte

Maringá recebe etapa do principal campeonato nacional de revelações do vôlei nesta semana

Após três semanas em Saquarema, no Rio de Janeiro, o torneio volta ao Paraná depois de seis anos para 29 jogos da Divisão Especial das categorias sub-16 e sub-18.

Maringá recebe etapa do principal campeonato nacional de revelações do vôlei nesta semana
Maringá recebe etapa do principal campeonato nacional de revelações do vôlei nesta semana Foto: FPV
Publicado em 11/05/2023 às 10:22

Uma etapa do Campeonato Brasileiro de Seleções de Voleibol de Quadra, organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), passa por Maringá nesta semana, entre os dias 28 de março e 2 de abril. Após três semanas em Saquarema, no Rio de Janeiro, o torneio volta ao Paraná depois de seis anos para 29 jogos da Divisão Especial das categorias sub-16 e sub-18.

Cerca de 1.200 atletas estão inscritos para disputar mais de 300 jogos divididos em 12 torneios espalhados pelo Brasil. São representantes das 27 federações do País. O CBS 2023 teve início no dia 7 de março e vai até o dia 4 de novembro (veja o calendário AQUI).

O presidente da Federação Paranaense de Vôlei (FPV), Jandrey Vicentin, diz que essa é a competição mais importante da base. “Ela acaba selecionando e filtrando o que há de melhor em cada estado e serve também para observar atletas para possíveis convocações da Seleção Brasileira”, complementa.

Segundo o diretor de Infraestrutura e Projetos da Secretaria do Esporte, Clésio Prado, o evento é promove a nata do voleibol. “É o fomento de um esporte em que o Brasil é referência mundial, gerando oportunidades. É importantíssimo para a nova geração e pode ser que tenhamos paranaenses campeões olímpicos futuro”, conclui. 

As equipes que vão representar o Paraná estão na reta final de preparação. Segundo Claudemiro Vieira dos Santos, técnico do time sub-18 feminino, a disputa é muito importante e a expectativa é das melhores. “O time vem trabalhando para chegar entre os quatro melhores no Campeonato Brasileiro”, afirma. No ano passado, a equipe foi finalista.

A capitã da seleção sub-18 feminina, Laura Bieleski, afirma que a experiência de disputar o campeonato é incrível. “Convivemos com companheiras que estão fora da nossa rotina, que são grandes atletas, e aprendemos muito com elas”, destaca.

CBS – O campeonato tem por finalidade democratizar o voleibol e propiciar o surgimento e observação de novos talentos em todas as regiões do Brasil. É dividido em sub-16 e sub-18 (masculino e feminino) e três divisões:

Sub-16 Fem – divisão especial (10 federações), primeira divisão (10 federações), e segunda divisão (7 federações).

Sub-18 Fem – divisão especial (10 federações), primeira divisão (10 federações), e segunda divisão (7 federações).

Sub-16 Mas – divisão especial (10 federações), primeira divisão (10 federações), e segunda divisão (7 federações).

Sub-18 Mas – divisão especial (10 federações), primeira divisão (10 federações), e segunda divisão (7 federações).

TRANSMISSÃO – Os jogos serão transmitidos pelo do canal da FPVTV e também no canal Vôlei Brasil, ambos no YouTube.

Tópicos