MUPA promove em junho ações do Programa Público para crianças e adolescentes

MUPA promove em junho ações do Programa Público para crianças e adolescentes
Publicado em 11/06/2024 às 18:25

Em paralelo à programação geral do Programa Público, intenso calendário de eventos que acontecem no Museu Paranaense (MUPA) de junho a agosto, diversas ações educativas gratuitas estão agendadas para o público infantil e adolescente. As atividades têm como objetivo aprofundar as experiências e práticas em torno do tema desta edição: “Corpos – Indícios, Matrizes – Espécies”, que aborda as linguagens transversais do corpo.

A programação de junho, com oficinas, vivências e contação de histórias, acontece todos os sábados do mês, e começa no próximo, dia 8. Para participar é preciso realizar a inscrição, que deve ser feita via formulários disponíveis no site e redes sociais do museu.

Confira abaixo a agenda completa deste mês:

VISITA MEDIADA + OFICINA – A autorrepresentação por meio da gestualidade do corpo

A partir de uma visita por retratos e autorretratos presentes nas exposições do MUPA, o Núcleo Educativo trará aos participantes reflexões acerca da representação deles mesmos. Nesse processo, será posto em pauta o fato de que os retratos pintados, muitas vezes, seguem alguns padrões – mas alguns artistas se propõem a achar outras formas de pensar e expressar a sua própria imagem. Na sequência, crianças e adolescentes serão convidados a representar a si mesmos, desenhando e pintando um autorretrato gigante. Além da concepção de uma imagem de si próprio, a atividade irá propor que toda a gestualidade do corpo seja utilizada para produzir essa obra de arte.

Data e horário: 08, às 13h30

Público: 6 a 16 anos

Vagas: 10

Inscrições AQUI

VISITA MEDIADA + OFICINA – Seres fantásticos

Nos mitos e histórias ancestrais do povo Xetá existem espíritos chamados möu ‒ representações de entes ou animais mortos que vivem nas florestas e perseguem os vivos. As figuras dos möu, que misturavam representações de animais e humanos, eram construídas pelos Xetá a partir da escuta de história oral e com a utilização de cerume de abelha. Com base nessa inspiração, a atividade “Seres fantásticos” será composta por contações de histórias que instiguem as crianças a explorar e elaborar imaginários a respeito de seres que não possuem um corpo material definido. Elas serão convidadas a modelar pedaços de argila enquanto escutam uma história sobre um ser fantástico que habita o Museu Paranaense, mas que possui um corpo de formato ainda desconhecido. A intenção é instigar os participantes a traduzir por meio da escultura, cada qual à sua própria maneira, um conjunto de características que não possuem, necessariamente, qualquer ligação a um corpo físico previamente determinado.

Data e horário: 15, às 13h30

Público: 6 a 12 anos

Vagas: 15

Inscrições AQUI  

VISITA MEDIADA + BRINCADEIRAS – Xanrí, Jogé e Pirá visitam o museu

Permeadas por animais que moram nos rios, mares e florestas, as histórias dos povos indígenas são cheias de significados. Nas etnias presentes no Paraná é comum ver representações de animais de diferentes tamanhos esculpidos em madeira. Inspirado por contos indígenas e visando explorar outras formas de se visitar um museu, o Núcleo Educativo do MUPA convidará as crianças a brincar de Xanrí (ave), Jogé (caranguejo) e Pirá (peixe). Durante a brincadeira, enquanto escutam mitos sobre as origens de algumas etnias indígenas, as crianças serão motivadas a se locomover de maneiras não usuais, divertidas e experimentais pelos espaços, imitando animais.

Data e horário: 22, às 13h30

Público: 3 a 5 anos

Vagas: 10

Inscrições AQUI 

VISITA MEDIADA + OFICINA – Habitar a paisagem: mascaramento e mimetismo 

Em diferentes tradições indígenas, as máscaras não são fantasias – são verdadeiros entes, com corpo e vontades próprias. Elas têm protagonismo nas histórias ancestrais e podem materializar-se em seres brincalhões, malévolos, sinistros, curadores, ou um pouco de tudo. Nessa atividade, que é inspirada pela história do povo Ticuna sobre uma árvore mágica chamada Tüerüma, as crianças serão convidadas a visitar as máscaras da exposição Mejtere: histórias recontadas. 

Durante a visita, haverá conversas sobre temas como a feitura das máscaras, seus modos de uso e suas origens. O Núcleo Educativo também contará histórias que demonstram que as máscaras ali expostas não são apenas objetos de enfeite – elas são, afinal, respeitadas e entendidas como seres viventes pelos seus povos.

Após a visita, será proposta a produção de novas máscaras. Para tanto, serão utilizados materiais naturais coletados no Jardim do MUPA. O objetivo será que as crianças produzam “um novo rosto” para si mesmas, o qual pode, por exemplo, mimetizar uma paisagem ou evocar as qualidades de um animal. Assim, cada criança poderá se transformar naquilo que deseja. 

Data e horário: 29, às 10h

Público: 6 a 12 anos

Vagas: 15

Inscrições AQUI  

PROGRAMA PÚBLICO – É uma forma de convidar a comunidade a se aproximar, refletir e se envolver com um assunto. Para isso, o MUPA propõe uma programação especial, estendida e gratuita com diferentes ações que evocam determinada temática de forma diversa e interdisciplinar. A ideia é que o público possa experimentar, aprender, conhecer e sentir de forma ampla o que é apresentado, a fim de enriquecer sua vivência intelectual, emocional e cultural, não apenas em escala pessoal, mas de experimentação coletiva.

A primeira edição, em 2022, levou gratuitamente ao público 44 ações, entre oficinas, palestras, rodas de conversa, ações e intervenções artísticas de diversas linguagens. Foram mais de 20 mil pessoas impactadas a partir da temática “Se enfiasse os pés na terra: relações entre humanos e plantas”.

SERVIÇO – Saiba mais sobre a programação completa de eventos do Programa Público do Museu Paranaense acessando o site www.museuparanaense.pr.gov.br ou pelo Instagram oficial do museu: @museuparanaense. O MUPA fica na Rua Kellers, 289, São Francisco – Curitiba.