Performances Espontâneas

Museu de Arte Contemporânea promove Encontro em Performance no início do inverno

A proposta central é abrir espaço institucional para que artistas se encontrem no museu e façam suas práticas livremente, sem roteiros pré-estabelecidos e podendo ser acompanhados pelo público externo interessado nesse campo de expressão.

Museu de Arte Contemporânea promove Encontro em Performance no início do inverno
Museu de Arte Contemporânea promove Encontro em Performance no início do inverno Foto: Kraw Penas/SEEC
Publicado em 20/06/2023 às 11:53

Em pleno solstício de inverno, dia 21 de junho, quarta-feira, o Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC) irá promover a segunda edição do projeto Encontro em Performance, focado no estudo e na prática de performance artística. A proposta central é abrir espaço institucional para que artistas se encontrem no museu e façam suas práticas livremente, sem roteiros pré-estabelecidos e podendo ser acompanhados pelo público externo interessado nesse campo de expressão. 

O 2º Encontro em Performance vai reunir cinco artistas: Caio Gusmão Ferrer, Camillat, Eduardo Amato, Stéfani Belo e Ricardo Nolasco. Eles apresentarão suas performances a partir das 11 horas, na Sala Adalice Araújo. O espaço fica no hall do edifício sede da Secretaria da Cultura (Rua Ébano Pereira, 240, Centro – Curitiba). 

Além dos artistas confirmados, o museu abre espaço para pessoas que tenham interesse em participar com suas pesquisas performáticas a partir das 11h58 da manhã, horário do solstício de inverno. Basta se inscrever neste formulário para se juntar ao encontro:

A periodicidade desse e dos próximos Encontros em Performance será sempre alinhada com os equinócios de outono e primavera e solstícios de inverno e verão, ou seja: acontecerão quatro vezes ao ano. 

MOVIMENTO INTERNACIONAL – Inédito no Paraná, o Encontro em Performance tem inspiração direta em um movimento internacional de artistas de performance, o Same but Difference: Equinox. Em 2017, durante o simpósio Being in Public: Encounters Outer Place/Inner Space, realizado na Irlanda do Norte, um artista chamado Chumpon Apisuk propôs a instauração de ações públicas pela liberdade e democracia realizadas sempre nos equinócios de março e setembro.

Em setembro de 2017, 283 artistas de 45 cidades e 29 países performaram simultaneamente em espaços públicos. Desde então, os equinócios vêm se constituindo num movimento por meio de sessões abertas em espaços públicos, em diferentes localidades, mantendo viva a ideia de um dia de ações públicas em performance. 

No MAC Paraná, o encontro surge da necessidade do museu em chancelar institucionalmente as iniciativas em performance da arte contemporânea paranaense, abraçando a proposta apresentada por Eduardo Amato, artista castrense focado em performance. 

ARTISTAS CONFIRMADOS

– Caio Gusmão Ferrer é pessoa não binária, branca, 30 anos. Licenciado em Geografia pela Unicamp e artista de Arte Acción/Performance. Trabalha como produtor no espaço AT|AL|609. Atua como Educadore Comunitárie na área de prevenção ao HIV e outras ISTs pela ImPrEP.

– Camillat é bacharel em Artes Visuais e Mestranda em Poéticas Visuais pela Unicamp, atua como artista visual e participa de festivais e exposições no Brasil e Exterior. Atualmente gerencia e produz as atividades do espaço cultural Fêmea Fábrica – do qual é idealizadora, na cidade de Campinas, interior de São Paulo.

– Eduardo Amato é artista da performance arte. De Castro, mora e trabalha em Curitiba. Dirige o PF espaço de performance art etc e é mestrando em Artes pela Unespar.

– Stéfani Belo é artista transexual e nordestina. Faz dos lugares por onde passa parte fundamental de sua criação artística em plataformas multimidiáticas.

– Ricardo Nolasco é artista de cabaré, performer, diretor, tarólogo, escritor, roteirista, poeta da presença, situacionista, professor de artes cênicas e performática e flâneur. Graduado em Artes Cênicas pela Unespar/FAP. É mestrando pela Unirio com a pesquisa Cabareturgia: como se escreve cabaré? Cofundador da Selvática Ações Artísticas (Curitiba) e da ULC (Universidade Livre de Charlatanismo).

Serviço:

2º Encontro em Performance do MAC Paraná

Dia 21 de junho, das 11h às 13h

Tópicos