absurdo

PCPR prende casal suspeito de estupro de vulnerável em Sengés

As prisões foram realizadas nesta quarta-feira (21), em Sengés, nos Campos Gerais. O homem era padrasto das vítimas e a mulher, mãe delas.

PCPR prende casal suspeito de estupro de vulnerável em Sengés
Foto: Fábio Dias / EPR
Publicado em 22/06/2023 às 9:10

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente um casal, de 28 e 36 anos, por estupro de vulnerável contra duas meninas. As prisões foram realizadas nesta quarta-feira (21), em Sengés, nos Campos Gerais. O homem era padrasto das vítimas e a mulher, mãe delas.

De acordo com as investigações, com uma das crianças, de 13 anos na época dos fatos, o crime aconteceu entre 2018 e 2019, enquanto com a outra menina aconteceu no ano passado. O homem passava a mão nas partes íntimas das vítimas. 

“O suspeito cometia o crime e justificava suas ações sob alegação de que ele sustentava elas, e, portanto tinha o direito de agir daquela maneira. Conforme apurado, a mãe tinha plena ciência de que o crime acontecia e mesmo tendo a posição de garantidora, nada fez para que elas parassem de ser abusadas”, afirma o delegado da PCPR Gabriel Munhoz.

O casal foi encaminhado ao sistema penitenciário.

DENÚNCIAS – Aquele que tomar conhecimento da prática de algum crime contra criança ou adolescente deve denunciar. A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem em casos de violência contra crianças e adolescentes. 

As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do 197, da PCPR e 181, do Disque Denúncia. Se a violência estiver ocorrendo naquele momento, a pessoa deve acionar a Polícia Militar, por meio do 190.