inovação

Pelo sétimo ano, Sanepar recebe prêmio de Campeã em Inovação da Região Sul

A Companhia foi reconhecida na premiação da Revista Amanhã como a mais inovadora entre Estatais e Filantrópicas que atuam nos mais diversos setores da economia.

Pelo sétimo ano, Sanepar recebe prêmio de Campeã em Inovação da Região Sul
Gustavo Possetti representa diretoria da Sanepar na entrega do prêmio
Foto: Sanepar
Publicado em 17/07/2023 às 10:45

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) recebeu nesta sexta-feira (14) em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o Prêmio Campeãs da Inovação, da Revista Amanhã. A Sanepar ficou em 1º lugar na categoria Estatais e Filantrópicas, que abrange empresas públicas e entidades filantrópicas dos mais diversos setores da economia. Este é o sétimo ano em que a Companhia recebe a premiação – a primeira vez foi em 2017.

O diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, destaca que o compromisso da empresa com a inovação é buscar a excelência em seus serviços, promover a sustentabilidade e gerar valor para a sociedade. “Temos como objetivo fazer com que a inovação esteja presente em todos os processos da Companhia, envolvendo todos os empregados e demais partes interessadas, inclusive promovendo o engajamento da população. A participação da sociedade é fundamental para enfrentarmos os desafios atuais e futuros. Seguiremos trabalhando arduamente todos os dias para promover a sustentabilidade por meio da inovação”, afirmou.

Na Sanepar a inovação está presente em diversas áreas. “Mais de 1.000 novas ideias foram geradas pelos empregados, somente no último ano”, disse o gerente de Pesquisa e Inovação, Gustavo Possetti, que representou a Companhia na entrega do prêmio.

Entre os destaques está a cooperação em andamento com a Itaipu Binacional e com o Parque Tecnológico de Itaipu, que com investimentos de R$ 184 milhões prevê a implantação de Sistemas Sustentáveis de Esgotamento Sanitário, refletindo em melhorias sociais, ambientais e econômicas para o Estado.

A parceria visa a garantia da segurança hídrica e energética em torno do reservatório de Itaipu, a partir da coleta e tratamento avançado e inovador de efluentes domésticos. Os esforços estão voltados a municípios da região Sudoeste do Paraná, compreendendo parte da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 e a sub-bacia do Rio Ocoí, incluindo as cidades de Santa Helena, Medianeira, Itaipulândia, Missal e Ramilândia, além de Serranópolis do Iguaçu.

Outro destaque são os projetos com foco em energias renováveis e economia circular, tais como o sistema de secagem térmica e a combustão de lodo de esgoto em pré-operação na Estação de Tratamento de Esgoto Atuba Sul, em Curitiba. Esse sistema inovador tem capacidade de processar até 5 toneladas por hora de lodo úmido e é ambientalmente sustentável por utilizar, na secagem, o biogás e a biomassa produzidos na própria estação.

A abordagem da inovação aberta foi citada como estratégia da Companhia, que avança com o Programa Sanepar Startups, cujo segundo edital está aberto para submissões até o final do mês de julho.


METODOLOGIA DO PRÊMIO – A pesquisa Campeãs da Inovação, da Revista Amanhã, adota a ferramenta Innovation Management Index, do Global Innovation Management Institute (Gimi), aplicada pelo IXL-Center, que fica em Cambridge, região de Boston, Estados Unidos. O Gimi é uma organização global sem fins lucrativos criada por um time de executivos, acadêmicos e consultores especializados em inovação. O grupo auxilia pessoas, empresas e regiões a desenvolver competências em gestão da inovação de nível mundial por meio de padrões, métricas, protocolos de teste e certificações globais. As empresas contempladas participam da pesquisa respondendo um questionário integralmente em inglês, o qual é processado pela equipe do Gimi nos Estados Unidos.