capacitação

Profissionais da Portos do Paraná concluem formação ministrada por entidade internacional do setor

40 funcionários participaram do programa de formação da Fundación Valenciaport, da Espanha, que tem atuação mundial. Curso abordou relação porto e cidade, eficiência nas operações, transformação digital e inovação.

Profissionais da Portos do Paraná concluem formação ministrada por entidade internacional do setor
Capacitação internacional forma 40 profissionais da Portos do Paraná - Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná
Publicado em 29/06/2023 às 8:30

Foi concluído nesta quarta-feira (28) o 1º Programa de Formação em Gestão Estratégica de Portos oferecido pela Portos do Paraná a seus funcionários e ministrado pela Fundación Valenciaport, da Espanha. Participaram do curso 40 empregados da empresa pública, que puderam aprimorar conhecimentos técnicos, habilidades e ferramentas específicas para a atividade portuária.

A Fundación Valenciaport é um centro de pesquisa, inovação e formação do setor logístico portuário, com sede no porto de Valência, e atuação em portos da Europa, América Latina, Ásia e Oriente Médio. A parceria da Portos Paraná e a instituição espanhola foi assinada em 2020 com o objetivo de modernizar os portos de Paranaguá e Antonina, com estratégias que são referência nos mais importantes e eficientes portos do mundo.

Capacitação internacional forma 40 profissionais da Portos do Paraná

O Programa de Formação em Gestão Estratégicas abrangeu 42 horas de estudos, com dois blocos de aulas, em abril e junho. Sete profissionais, um brasileiro e seis espanhóis, estiveram em Paranaguá transmitindo experiências europeias, principalmente as do porto espanhol de Valência.

Para a agente portuária Camila Teodoro, participar da capacitação foi interessante por dois motivos. “Ganhar uma visão mais abrangente em relação ao setor portuário, em proporção mundial, através de todos os tópicos abordados nas duas fases do curso e pela oportunidade da imersão durante alguns dias em outro idioma”, disse.

“O conhecimento adquirido durante essa capacitação é importante para o macro, no processo de melhoria da cultura organizacional da Portos do Paraná, pois nos deu a oportunidade de ampliar a percepção de pontos que são essenciais para a atividade”, afirmou.

Capacitação internacional forma 40 profissionais da Portos do Paraná

Jonas Mendes Constante, diretor de projeto e consultor sênior em Estratégia e Inovação Portuária da Valenciaport, disse que foi desenvolvido para a Portos do Paraná um programa de formação específico, pensado nas melhores práticas de gestão portuária moderna. Segundo ele, foram abordados temas como a relação porto e cidade, eficiência nas operações, transformação digital, inovação e estratégias para o porto do futuro, por exemplo.

“Trouxemos um conjunto de especialistas, das mais diversas áreas, para garantir que os profissionais paranaenses, que já são muito bem qualificados, possam estar em contato com outras realidades”, completou Constance, que ministrou as aulas de Gestão de Sistemas e Tecnologias da Informação em Portos.

Também estiveram em Paranaguá o chefe de Planejamento Estratégico e Inovação da Autoridade Portuária de Valência, Juan Manuel Díez, que falou sobre Gestão Estratégica e Planejamento Portuário, e o chefe de Políticas Ambientais, Raúl Cascajo, que analisou a Relação Porto e Cidade e a Responsabilidade Social dos Portos.

Capacitação internacional forma 40 profissionais da Portos do Paraná

Juan Díez explicou que foi conduzida uma reflexão sobre a estratégia portuária atual e as diferentes tendências que estão afetando as operações nos portos do mundo. “Creio que tecer redes de conhecimento entre portos é uma das chaves do sucesso, por exemplo, os portos de Valência e de Paranaguá compartilharem essa visão e aprenderem que os rumos dos outros é muito relevante”, destacou.

“A experiência no Porto de Paranaguá pode nos ajudar e, juntos, podemos aprender e estabelecer uma série de interações com a comunidade, conforme as diferentes circunstâncias e particularidades”, complementou Cascajo.