Sustentabilidade

Semana das Energias Renováveis incentiva produtores rurais a aderirem ao RenovaPR

A intenção é aproveitar o Plano Safra 2023-2024, anunciado nesta terça (27), para que os produtores invistam em projetos de energia a partir de fontes renováveis, energia solar e biogás. A programação segue até a próxima sexta-feira (30) com palestras e feiras de equipamentos em diversas regiões do Estado.

Semana das Energias Renováveis incentiva produtores rurais a aderirem ao RenovaPR
Semana das Energias Renováveis incentiva produtores rurais a aderirem ao RenovaPR - Foto: IDR-PARANÁ
Publicado em 27/06/2023 às 15:10

Começou nesta segunda-feira (26) a 2ª Semana das Energias Renováveis promovida pelo IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater) e instituições financeiras para incentivar produtores e cooperativas a implantar sistemas de produção de energia própria nas propriedades rurais. A programação segue até a próxima sexta-feira (30) com palestras e feiras de equipamentos em diversas regiões do Estado. Para saber mais detalhes na sua cidade, basta procurar pelo escritório municipal do IDR-Paraná.

A intenção é aproveitar o Plano Safra 2023-2024, anunciado nesta terça (27), para que os produtores invistam em projetos de energia a partir de fontes renováveis, energia solar e biogás.

A semana tem como alvo os produtores rurais, agroindústrias, empresas integradoras e cooperativas agropecuárias que ainda não aderiram ao RenovaPR, programa do Estado que facilita a instalação de sistemas de energia foltovoltaica e biogás/biometano, inclusive com possibilidade de juros subsidiados pelo Banco do Agricultor Paranaense.

Extensionistas do IDR-Paraná estão participando de reuniões técnicas em diferentes locais, com a apresentação de casos de sucesso e a demonstração das vantagens dos sistemas de geração própria de energia. Os agentes financeiros e empresas do setor também aderiram à Semana das Energias Renováveis e estão divulgando essas novas tecnologias junto aos produtores.

Pode aderir ao RenovaPR qualquer produtor que queira instalar unidades de energia solar fotovoltaica ou biodigestor que transforma a biomassa em energia. Os extensionistas do IDR-Paraná podem prestar todos os esclarecimentos necessários para os interessados. Em 22 meses de existência o RenovaPR já viabilizou 5.812 projetos, via IDR-Paraná, sendo 5.768 de energia solar e 44 de biogás e biometano. Com o programa, o Paraná passou a ser o segundo estado do País em geração distribuída no meio rural, ficando atrás apenas de Minas Gerais.

Em geral, o tempo de retorno sobre o capital investido em energia solar é de 42 meses. Já para o biogás é de 6 a 12 meses para a geração térmica e em até 48 meses para geração de energia elétrica. Como as linhas de crédito rural são de 60 a 120 meses, com média de 72 meses, o retorno sobre o capital investido é alcançado muito antes do vencimento dos prazos dos financiamentos.

A 2ª Semana das Energias Renováveis tem o apoio da Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná), Ocepar (Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná), Fetaep (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná), Fetraf (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar), Unicafes (União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), Banco do Brasil, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), Sicredi (Sistema de Crédito Cooperativo), Cresol (Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária) e Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil)