sondagem

Sondagens da Ponte de Guaratuba entram em nova etapa, com pesquisa no solo

Primeira sondagem de percussão em solo já foi realizada. Levantamentos, estudos e relatórios também estão em andamento, para embasar os projetos da obra e nova licença ambiental. O cronograma da Ponte de Guaratuba prevê um prazo de seis meses para concluir esta etapa atual.

Sondagens da Ponte de Guaratuba entram em nova etapa, com pesquisa no solo
Foto: DER-PR
Publicado em 22/06/2023 às 9:50

A Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), deu início a uma nova etapa nas sondagens da Ponte de Guaratuba neste final de semana, com a primeira sondagem de percussão realizada em terra. Até o momento os trabalhos das equipes de sondagem estavam em andamento apenas na própria baía de Guaratuba, com equipamento instalado a bordo de um catamarã. Já foram realizadas 12 perfurações subaquáticas, e a previsão para concluir estes serviços é de mais duas semanas.

A sondagem de percussão é empregada para determinar a densidade do solo e a presença ou nível do lençol freático no local, informações que irão determinar as soluções necessárias para execução dos serviços nos acessos à futura ponte. Os trabalhos de sondagem compõem cerca de 25% das atividades previstas para os projetos da obra.

As frentes de trabalho da obra também permanecem atuando na elaboração dos relatórios de engenharia do Projeto Básico e Projeto Executivo de Engenharia da ponte, contemplando plano de trabalho, soluções da Obra de Arte Especial (ponte), estudos geotécnicos, estudos topográficos, caderno de projetos da OAE, cadernos de projetos da implantação dos canteiros, planos de rigging (uso de equipamentos, como guindastes, gruas, etc) e levantamentos topográficos no local de implantação do canteiro e dos acessos à ponte.

E uma terceira frente está dedicada aos relatórios ambientais para atender as solicitações dos órgãos competentes, sendo um pré-requisito para obter a Licença Ambiental de Instalação, necessária para iniciar a etapa de execução da obra.

Até o momento já foram investidos R$ 2.258.369,46 em todos os serviços realizados. O cronograma da Ponte de Guaratuba prevê um prazo de seis meses para concluir esta etapa atual, com as obras começando ainda no segundo semestre deste ano. O investimento total será de R$ 386,9 milhões.

TRÁFEGO – A Ponte de Guaratuba terá quatro faixas de tráfego, calçadas e ciclovia. A obra prevê também adequações das vias de acesso à ponte, facilitando tanto o seu uso quanto o deslocamento para os espaços próximos.

A previsão é de iniciar os serviços preliminares no segundo semestre deste ano, com a nova licença ambiental emitida e os principais produtos dos projetos já aprovados.

FERRY – Foi publicada Nesta semana a declaração de vencedor da licitação para operar a travessia do Ferry Boat de Guaratuba. Este novo contrato visa garantir o deslocamento de usuários durante o andamento da obra da ponte, sem interrupções.

As equipes de trabalho da Ponte de Guaratuba e do Ferry Boat de Guaratuba já realizaram reuniões técnicas previamente, visando garantir o bom andamento de todas as atividades durante este período de grande complexidade, bem como o aproveitamento parcial do espaço da travessia para instalação do canteiro industrial, onde serão construídas as vigas pré-moldadas de concreto, entre outras atividades.