Medicina de Tráfego

Trabalho do Detran-PR ganhou 1º lugar em Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego

Foram apresentados três trabalhos científicos de medicina do tráfego realizados pela Autarquia. O Congresso foi realizado pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) e a Associação Brasileira de Psicologia de Tráfego (Abrapsit).

Trabalho do Detran-PR ganhou 1º lugar em Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego
Foto: Detran-PR
Publicado em 20/09/2023 às 14:30

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) foi destaque no XV Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego, que ocorreu em Florianópolis, em Santa Catarina. Três trabalhos científicos de Medicina do Tráfego realizados pela autarquia foram apresentados no evento e o trabalho com o tema “Perfil dos Condutores Avaliados em Junta Médica de Recurso do Detran-PR, em Curitiba” recebeu Menção Honrosa como 1° lugar no evento. 

Todos os médicos das duas juntas médicas recursais de Curitiba participaram na elaboração do trabalho premiado. Os autores foram Lilian Kondo, Andrea Regina Freitas Teixeira, Eloisa Fornaroli, Angela de Mello Bronzetti Glinka, Karina de Oliveira Bachtold, Dirceu Antonio Silveira Junior, Tatiana Gomara Neves e Ramon Cavalcanti Ceschim.

O congresso, realizado pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) e a Associação Brasileira de Psicologia de Tráfego (Abrapsit), reuniu aproximadamente 700 congressistas, entre médicos do tráfego profissionais atuantes nas áreas da saúde, do trânsito, dirigentes de entidades, integrantes do poder público, especialistas, entre outros. O evento contou também com palestras, mesas-redondas, sessões interativas, painéis e apresentações de trabalhos científicos inéditos.

O chefe da Divisão Médica e Psicológica (Dimp) e coordenador da Junta Administrativa de Recursos Contra Exames Médicos e Avaliações Psicológicas (Jump) do Detran-PR, Gustavo Fatori, comentou a participação no evento. “Os principais profissionais das respectivas áreas estavam presentes, debatendo as inovações e o futuro da saúde do trânsito, fato importante tanto para a atualização profissional, quanto para o relacionamento”, disse.

“A participação ativa do Detran-PR e a apresentação de trabalhos científicos contribuem para o avanço do conhecimento nessa área e para a busca de soluções para os desafios relacionados ao trânsito”, ressaltou o diretor-presidente do Detran-PR, Adriano Furtado.