Novidade na Educação

Vestibular de Inverno da UEM terá reconhecimento facial; inscrições estão abertas

O prazo das inscrições vai até 10 de julho. São 1.170 vagas para ingresso no ano letivo de 2024, distribuídas em cursos das unidades de Maringá, Umuarama, Ivaiporã, Cidade Gaúcha, Goioerê e Cianorte.

Vestibular de Inverno da UEM terá reconhecimento facial; inscrições estão abertas
Por ser a primeira vez, ainda será feita a coleta das digitais dos candidatos por medida de segurança - Foto: UEM
Publicado em 29/06/2023 às 10:30

Além das principais alterações já divulgadas para o Vestibular de Inverno 2023 da Universidade Estadual de Maringá (UEM), como as três opções de curso na inscrição e mudanças na pontuação, uma outra novidade do processo seletivo será o uso do reconhecimento facial, que deve substituir completamente a coleta de impressões digitais a partir do próximo ano (2024). 

O assessor de tecnologia da informação da UEM, Giancarlo Lucca, afirma que a automatização dos processos ajudam a reduzir custos e aumentam a confiabilidade. “Por ser a primeira vez que faremos o uso da identificação por reconhecimento facial, ainda faremos paralelamente a coleta das digitais dos candidatos por medida de segurança, mas eu não tenho dúvidas de que os eventos deste ano serão os últimos com essa coleta”, afirma. 

Ele explica que o processo todo é muito simples e prático. “Um fiscal lerá o QR Code da etiqueta de identificação da carteira do candidato e, em seguida, vai tirar uma foto do rosto dele que ficará a ele vinculada”. Os aprovados no concurso vestibular terão novamente uma foto tirada pela equipe da UEM após se matricularem. “Faremos a confirmação para checarmos que é a mesma pessoa por meio do reconhecimento facial, que apresenta uma segurança muito grande”.

O prazo das inscrições vai até 10 de julho. São 1.170 vagas para ingresso no ano letivo de 2024, distribuídas em cursos das unidades de Maringá, Umuarama, Ivaiporã, Cidade Gaúcha, Goioerê e Cianorte. Confira o edital AQUI.

Novidades na inscrição:

– A nova inscrição permite a recuperação dos dados pessoais do candidato que participou de vestibulares anteriores a partir do CPF e da data de nascimento, agilizando o preenchimento do formulário. 

– Finalizada a inscrição, será gerado um QR Code, com o qual o candidato poderá fazer o pagamento da taxa de inscrição, via pix.   

– Agora o candidato poderá fazer uso do nome social, de acordo com as instruções do formulário de inscrição.  

– Os candidatos inscritos receberão informações importantes por WhatsApp sobre o vestibular.  

– O candidato que efetuar o pagamento via pix receberá uma mensagem por WhatsApp confirmando o recebimento da taxa. 

Novidades na prova:

– Agora o candidato pode optar por até três cursos de graduação de quaisquer áreas no momento da inscrição e todos os candidatos responderão às mesmas questões objetivas, exceto as de língua estrangeira. 

– A redação agora vale 120 pontos e alguns itens que zeravam a redação foram retirados.  

– Ainda que o candidato zere as questões objetivas, sua redação será avaliada e somente será desclassificado se zerar a redação ou faltar à prova.  

– Serão tiradas fotos dos candidatos durante a prova para reconhecimento facial, trazendo mais segurança à identificação.  

– No dia da prova será aceito documento de identificação no formato digital em aplicativo oficial.  

– O App Vestibular UEM terá todas as funcionalidades da versão WEB, inclusive a possibilidade do envio dos recursos das questões objetivas e da redação